Gestão de facilities e sustentabilidade: entenda a relação

Gestão de facilities e sustentabilidade: entenda a relação

Grande parte das empresas ao redor do mundo estão terceirizando a gestão de facilities para preservar o meio ambiente. Afinal, a degradação da natureza gera reflexos nas rotinas das pessoas, como a mudança climática. Entretanto, há várias relações entre os conceitos de gestão de facilities e sustentabilidade, porém muitos gestores não sabem quais são elas.

Essa tática não só traz benefícios às finanças das empresas e impulsiona seu desenvolvimento. Assim, também beneficia a sociedade de forma geral. Sendo assim, quer saber como as facilities colaboram com a sustentabilidade? Listamos e explicamos as ligações nos tópicos seguintes!

As principais relações entre gestão de facilities e sustentabilidade

Economia de recursos naturais

Uma boa gestão de facilities aplica diversas estratégias que permitem a minimização do uso de recursos naturais. Portanto, elas objetivam tanto economizar custos da empresa quanto ajudar na preservação do meio ambiente. Veja, por exemplo, alguns exemplos de táticas aplicadas para cada recurso a seguir.

Água

Controle da utilização para evitar desperdícios, reúso dos líquidos e captação de água da chuva. Assim, fazem também a substituição de sistemas antigos de descarga ou torneira para mecanismos mais atualizados, como temporizadores e reguladores de pressão.

Energia

Redução de utilização de energia elétrica em geral, limpeza de sistemas de ar-condicionado, instalação de lâmpadas mais econômicas e equipamentos mais modernos que gastam menos energia. Portanto, há também a atualização na infraestrutura para utilização de ventilação e luz natural, entre outras formas de energia limpa.

Papel

Adoção de tecnologia para usar documentos digitais. Isso economiza a necessidade de utilizar papel, tinta, canetas, impressões, entre outros materiais físicos.

Outros produtos

Evita, por exemplo, o uso excessivo e desperdícios com todo o restante dos produtos e materiais necessários para limpeza, portaria, segurança, copa, recepção etc.

Realização de descarte ecologicamente

O descarte ecológico básico consiste na implementação de lixeiras para descarte de materiais recicláveis. Entretanto, uma boa gestão de facilities vai ainda além e cria parcerias com cooperativas que recolhem os resíduos do negócio, o que maximiza a reciclagem.

Treinamento para reutilização de materiais

Reutilizar materiais é uma forma bastante eficaz para minimizar os danos ambientais, porém não basta a boa vontade das pessoas para fazê-lo. Assim, é importante investir em treinamento para que os colaboradores saibam tecnicamente como executar a reutilização na prática.

Com a terceirização da gestão de facilities, a equipe já estará devidamente orientada, treinada e experiente sobre como reutilizar os materiais de forma eficiente.

Regularização com a legislação ambiental

As leis de proteção ao meio ambiente são excessivamente difíceis e penalizadoras, muitas vezes as empresas as descumprem sem saber, fazendo com que poluam o meio ambiente e ainda arquem com multas.

Porém, a gestão de facilities também realiza o compliance ambiental, que é a regularização dos processos e atividades perante o governo e eventuais exigências dos fornecedores e parceiros.

Criação de ações motivacionais na gestão de facilities

É importante que todos os colaboradores estejam motivados a contribuir para a sustentabilidade. Dessa forma, na gestão de facilities os superiores oferecem feedbacks construtivos, explicam a importância da proteção ao meio ambiente e indicam as melhores atitudes sustentáveis.

Percebe-se que há relações claras entre gestão de facilities e sustentabilidade. Elas vêm acompanhadas de outros benefícios como a diminuição de custos e aprimoramento da imagem da empresa.

Quer enviar um feedback, crítica ou dúvida sobre o tema? Deixe um comentário no post!

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.

topo