Quero ser síndico: como fazer uma boa gestão e evitar erros?

Quando você decidiu se tornar um administrador de condomínio, com certeza pensou: “quero ser síndico com excelência”, ou seja, um gestor exemplar. Antes de começar a exercer essa importante função, deve-se observar quais são as características de um bom gestor e aprender a evitar erros de direções anteriores.

Confira, neste guia, as cinco melhores dicas que você pode receber de como realizar uma boa gestão em qualquer condomínio.

Organize suas tarefas diárias

Sabe-se que são inúmeras as responsabilidades do síndico. Às vezes, é impossível lembrar todas elas sem nenhum tipo de anotação. Por isso, é muito comum que os administradores esqueçam algumas de suas tarefas.

Mas é perfeitamente possível realizar todos os compromissos em tempo hábil. Para isso, basta redigir uma checklist para as atividades a serem realizadas. Você pode optar por objetos como cadernetas e post-its ou até mesmo aplicativos para celulares. 

O recomendado é que você faça uma lista para os serviços diários, uma para os semanais e outra para os mensais, visto que nem todas possuem o mesmo intervalo de checagem. Por exemplo, a filtração da piscina é diária, porém sua retrolavagem é semanal.

Com uma rotina organizada, além de não restar serviços a serem feitos ao final do dia, seu trabalho será muito mais fácil e prática.

Estude as principais questões relacionadas ao condomínio

É fundamental pesquisar mais sobre os assuntos condominiais, visto que, mesmo que as regras gerais sejam regidas por interesses particulares, ainda devem obedecer os ditames estabelecidos em lei.

Os principais assuntos que todo síndico deve dominar são:

Realize assembleias regulares

Todo bom síndico deve zelar pelo bem da coletividade. Essa questão é debatida em assembleias. Antes de realizar uma, o gestor deve notificar, formalmente, todos os moradores sobre elas e ministrá-las estimulando o debate pacífico entre os moradores.

Lembre-se de pôr à mesa todos os assuntos de interesse geral, desde as regras de vivência entre os moradores até as questões financeiras e administrativas. As decisões tomadas pela administração devem seguir o que foi votado em tais reuniões.

Contrate uma equipe de limpeza e portaria terceirizada

Todo condomínio tem a necessidade de um serviço de limpeza e portaria, e para garantir a qualidade do serviço é essencial que haja terceirização.

Primeiramente, o setor de RH da empresa terceirizada possui vasta experiência na escolha e capacitação de seus empregados, algo complicado para os administradores do condomínio, visto que não se trata de sua atividade principal.

Além disso, o controle dos funcionários ficará a cargo da companhia contratada, aliviando o estresse sobre os administradores, permitindo que possam se concentrar nas demais tarefas.

Seja um síndico com autoridade, mas sem autoritarismo

Sendo um síndico, você tem autoridade no condomínio. Mas fique atento: não imponha sua vontade (ou a de outro condômino) acima da vontade da maioria. Sua autoridade é para fazer obedecer as normas previstas no regimento interno.

Lembre-se de manter a compostura em momentos de discussão, pois suas decisões devem ser respeitadas, porém respeitosas.

Após ler nossas dicas acima, pode-se concluir que o desejo “quero ser síndico com qualidade” não é difícil de ser alcançado. Você apenas precisa trabalhar com organização, respeito e inteligência. Com isso, todos aplaudirão sua gestão.

Se interessou e quer saber mais sobre como ser um excelente síndico? Baixe gratuitamente nosso ebook “Guia Básico da Terceirização” e aprenda tudo sobre a terceirização!

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.

topo