Você sabe como elaborar relatórios gerenciais? Veja nossas dicas

Você sabe como elaborar relatórios gerenciais? Esses são documentos utilizados no dia a dia dos gestores e grandes aliados deles no momento de aprimorar o desenvolvimento das organizações, pois tornam as tomadas de decisões mais rápidas, seguras e eficientes.

Hoje explicaremos o que exatamente são relatórios gerenciais, sua importância, como elaborá-los na prática e quais são os tipos existentes. Acompanhe a leitura!

O que é e qual a importância dos relatórios gerenciais?

Os relatórios gerenciais são desenvolvidos para medir o desempenho do negócio em diferentes aspectos, como produtividade dos colaboradores, resultados reais das operações, saúde financeira, crescimento da empresa, alcance dos objetivos desejados etc.

Todo administrador sabe que informação é poder. Esses relatórios permitem que o gestor colete dados de forma precisa e organizada. Assim, eles são apresentados de maneira lógica, com fácil leitura e entendimento. Isso auxilia os administradores em diferentes áreas, como:

  • na tomada de decisões;
  • na comunicação com os colaboradores;
  • na colaboração da empresa como um todo;
  • no controle das atividades;
  • no supervisionamento de diferentes departamentos, como compras, RH, financeiro etc.

Como é o passo a passo para a elaboração?

As etapas abaixo definem como o relatório será elaborado, a forma que seus dados serão analisados e de que maneira os resultados vão ser apresentados. Confira.

Estabelecer o objetivo

Primeiro deve ser criada uma lista de objetivos que precisam ser atingidos com os dados. É importante que eles sejam claros, de fácil compreensão e definidos em poucas palavras.

Geralmente eles são focados na área de controle, orçamento e finanças, mas podem ser sobre diferentes assuntos, como produtividade dos colaboradores, satisfação dos clientes, sustentabilidade etc.

Determinar o método de análise

Aqui haverá um estudo sobre como serão extraídos os números do relatório, ou seja, a forma como serão explicadas as suas informações. Recomenda-se que sejam definidos:

  • a forma que o documento será apresentado e explicado;
  • os dados a serem destacados;
  • o formato da apresentação;
  • as microanálises (pequenas operações) e macroanálises (visão geral) do negócio;
  • a avaliação dos resultados positivos e negativos.

Escolher as informações adequadas ao público

É muito importante engajar as pessoas pelo documento, por isso as informações devem ser adaptadas para que sejam atrativas e interessantes para cada público.

Por exemplo, é importante demonstrar o crescimento e a segurança de faturamento a investidores. Já para os chefes do RH, é mais interessante mostrar a produtividade de cada funcionário.

Definir o formato

O formato consiste na estrutura da apresentação do documento, aqui devem ser definidos o índice, os capítulos, os tópicos, as tabelas, os gráficos e as conclusões que evidenciarão os resultados do relatório.

Quais são os tipos de relatórios gerenciais?

Os relatórios são bastante amplos e podem ser elaborados de diferentes formas. Existem 5 tipos de relatórios gerenciais que são capazes de suprir grande parte das necessidades do gestor, pois dão uma visão clara e geral da empresa. Veja a seguir.

Controle

Tem o objetivo de verificar os fatores internos da empresa, assim ele pode ser usado em  duas situações diferentes:

  • controle de materiais: abrange o estoque e os desperdícios de insumos;
  • supervisão de desempenho: relacionado ao controle de pessoal e ao alcance de metas pela equipe.

Financeiro

Traz um balanço geral das finanças da organização, sem deixar nenhum gasto passar em branco. No relatório estão contidas informações como fluxo de caixa, despesas a pagar, receitas, inadimplências, entre outras contas.

Satisfação

Mede o grau de satisfação perante a empresa. Aqui se inclui tanto a satisfação dos clientes quanto a dos colaboradores. Esse relatório deve conter o feedback das pessoas, pois permite que a empresa melhore seus serviços, produtos e o ambiente de trabalho.

Análise

Analisa os problemas do empreendimento e apresenta as possíveis soluções para saná-los. Qualquer problema pode estar incluso no relatório, como os riscos, a queda de vendas etc.

Crescimento

Esse último relatório mostra o desenvolvimento da empresa, que pode ser apresentado tanto de forma geral quanto específica dos setores.

O papel dos relatórios gerenciais é trazer uma visão clara de tudo que acontece na empresa. Com essa ferramenta, o gestor conseguirá tomar as melhores decisões possíveis para o seu negócio.

Gostou do artigo? Assine a nossa newsletter gratuitamente para receber novas publicações diretamente em sua caixa de entrada!

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.

topo