Passo a passo: aprenda agora como calcular o ROI no seu negócio

Todo empreendimento precisa ser avaliado por meio da análise de diversas métricas financeiras e operacionais. Calcular o ROI é extremamente importante para saber quais as possibilidades de se recuperar o que foi investido no negócio. Afinal, não faz sentido gastar dinheiro sem que haja perspectivas de retorno, pois seria melhor aplicar em um título bancário.

Neste artigo, você poderá entender melhor o que é esse indicador e o que deve ser considerado em seu cálculo. Vamos em frente!

O que é o ROI?

ROI é a sigla para Return on Investiment, ou retorno do investimento. É um conceito financeiro que mede a rentabilidade de se aplicar uma determinada quantia de dinheiro em algo — por exemplo, um negócio. Existem vários métodos para determinar o ROI, e o mais comum é dividir o lucro líquido pelo total de ativos.

Normalmente, é calculado em dois momentos. Primeiro, antes de se fazer o investimento, com base em projeções. Você pode pegar os valores de expectativas de receitas durante o período considerado, que geralmente leva em conta a vida útil do investimento, diminuir os custos e despesas associados à operação e dividir o resultado pelo valor do investido.

Por exemplo, vamos supor a compra de um equipamento por R$ 200 mil. Com ele, será possível produzir itens que serão vendidos por 10 reais, a um custo total de 6 por unidade. A expectativa é vender 1.000 produtos por mês, e a vida útil da máquina foi estimada em 10 anos. Ou seja, o lucro da operação seria de R$ 4.000 mensais, ou R$ 480 mil em todo o período. O ROI, então, seria de 240%.

Posteriormente, é possível calcular o ROI efetivo, fazendo a mesma conta, porém com os valores reais observados. Isso é importante até para comparar o que foi estimado com o que, de fato, aconteceu.

Por que é importante calcular o ROI?

O cálculo do ROI é, sem dúvidas, uma das principais formas de avaliar financeiramente uma iniciativa. Ele é imprescindível quando você pensa em abrir uma empresa, bem como quando está avaliando a aplicação de dinheiro na compra de um maquinário, na abertura de uma filial ou, mesmo, em ações de marketing.

O ROI é uma das métricas utilizadas para nortear as decisões. Se você não conseguir determinar o quanto espera obter de retorno em um investimento, todas as suas ações serão realizadas ao acaso, sem qualquer balizamento que as justifique.

O ROI é um ponto de partida útil para estabelecer uma avaliação. Ele deve ser calculado sempre, mesmo que se trate de uma iniciativa similar à outra que já foi realizada anteriormente. Afinal, as condições mudam constantemente, e é difícil garantir que tudo acontecerá da mesma forma.

Ao avaliar seu ROI, busque a comparação com outras opções de investimento, com dados setoriais e com seu próprio histórico de dados. Encontrar um ROI positivo não é necessariamente um sinal de sucesso, se o que você encontrou estiver abaixo das alternativas.

Pode ser que precisará de esforço adicional para otimizar os valores investidos, para melhorar a projeção de receitas ou, mesmo, reduzir os custos associados. Quanto melhor for sua expectativa de retorno sobre uma ação, maiores serão suas chances de criar vantagens competitivas frente aos seus concorrentes. Por isso, jamais se deve deixar de calcular o ROI.

E então, você já adota essa prática em seu negócio? Deixe seu comentário aqui no post com suas experiências a respeito!

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.

topo