Quais os desafios de limpeza de supermercados e como superá-los?

quais-os-desafios-de-limpeza-de-supermercados-e-como-superalos.jpeg

Com a expansão do negócio, manter a limpeza de supermercado se torna cada vez mais complicada. Pisos, áreas de preparação de alimentos, estoques, freezers, açougues, todos exigem atenção especial para manter a segurança sanitária do seu estabelecimento.

Adicione áreas de grande tráfego de clientes, como entradas, corredores, caixas, calçadas e banheiros, além de ambientes externos, como estacionamento, fachadas e janelas. Tudo isso pode ser um desafio mesmo para o melhor gerente de instalações.

A limpeza tem um impacto direto nos resultados de um supermercado. Por isso, neste artigo, você vai conhecer quais são os maiores desafios da limpeza de supermercados e como fazer para superá-los. Acompanhe!

A importância de manter a limpeza de supermercados

Como proprietário de um supermercado, você sabe que atrair e reter uma base de clientes fiéis é de suma importância para o sucesso do seu estabelecimento. Muitos fatores influenciam onde um cliente compra e se ele retornará. E um local que não mantêm os padrões mínimos de limpeza é um deles.

Por mais seguro que você pense que seu ambiente de trabalho é, os supermercados representam uma série de riscos à saúde, que podem prejudicar funcionários e clientes. Além dos perigos bacterianos, um chão sujo ou molhado, por exemplo, pode gerar escorregões e quedas de clientes, além de acidentes de trabalho.

Proporcionar a melhor qualidade de experiência na loja vai além dos produtos e serviços que você oferece. Um ambiente limpo que você fornece acaba influenciando a decisão do comprador de retornar ao seu estabelecimento.

Isso não significa que essa tarefa seja um grande desafio. Com algumas dicas, é possível fazer um excelente trabalho. Confira!

Impedir a contaminação nos setores de hortifrúti, açougue e peixaria

Há uma série de potenciais ameaças à saúde quando se trata da venda de alimentos. Se os alimentos do hortifrúti, açougue e peixaria não forem mantidos adequadamente, isso pode levar ao crescimento de bactérias e contaminação cruzada.

Os produtos do açougue e peixaria, em particular, devem ser cuidadosamente monitorados. O frango cru, por exemplo, se não for manuseado com cuidado, pode derramar seu “suco” e contaminar utensílios e outros produtos, aumentando a possibilidade de uma contaminação bacteriana.

Para evitar a contaminação cruzada, certifique-se de que sua equipe regularmente lave seus utensílios, freezers e mãos ao trabalhar com diferentes tipos de alimentos; use roupas limpas e mantenha a higiene dos expositores e gôndolas para evitar a disseminação de bactérias.

Cuidar da limpeza dos estoques

Além da proliferação bacteriana, a falta de limpeza no estoque pode atrair insetos e roedores. Os riscos à saúde de clientes e funcionários, além da possibilidade de os produtos armazenados estragarem, devem ser considerados.

A limpeza e a dedetização periódica são as principais formas para fazer o controle de pragas nesse ambiente.

Outro fator importante é manter a organização geral. Organizar o estoque pode ajudar a reduzir a frustração de ter que procurar itens que devem estar prontamente disponíveis. Rotule suas caixas, bandejas e prateleiras e treine novos e antigos funcionários a seguir um sistema de organização.

Manter os carrinhos livres de bactérias

Embora poucos se deem conta, os carrinhos de supermercado exigem limpeza cuidadosa. É difícil calcular quantas mãos, em um só dia, tocam em um carrinho. E isso pode ser um potencial para contaminá-lo com germes, vírus e bactérias.

O contato indireto com pessoas doentes — como usar o mesmo carrinho que alguém resfriado utilizou antes — é uma maneira fácil de ficar doente.

Felizmente, a limpeza periódica dos carrinhos resolve o problema. Outra opção é oferecer lenços sanitários para que os compradores possam limpas as barras dos carrinhos antes de utilizá-los.

Apesar do desafio, adotar um sistema de limpeza e organização do supermercado pode ser um grande diferencial competitivo para o seu negócio.

De forma geral, fazer manutenção preventiva de equipamentos, adotar rotinas inteligentes, utilizar produtos específicos, treinar a equipe e prestar atenção no setor de perecíveis são boas práticas que podem ajudar a manter a limpeza de supermercados e a satisfação do cliente.

E então, gostou das dicas de como manter a limpeza de supermercados? Ficou com alguma dúvida? Deixe sua mensagem nos comentários!

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.

topo