Saiba como reduzir os custos em grandes redes de academia

Quanto maior um negócio, mais difícil se torna a administração de recursos financeiros, colaboradores, equipamentos etc. Esse problema também se aplica a redes de academias, mas existem estratégias que podem ser adotadas para reduzir os custos.

Se você quer expandir ainda mais seu negócio, tornar a administração mais fácil e economizar nas operações, continue a leitura deste post, que apresenta algumas estratégias e demonstra a importância delas.

Por que investir em estratégias para redução de custos

O ramo das academias está em expansão. De acordo com uma pesquisa da Associação Brasileira de Academias (ACAD), em 2018 o mercado mundial de fitness apresentou crescimento de 6,5% e 5% a mais de receita que no ano anterior.

Como se trata de um mercado cada vez mais concorrido, é importante que as redes adotem práticas de redução de custos para garantir saúde financeira, preços mais atrativos e capital para investir em sua expansão.

Ignorar essas estratégias pode fazer com que a rede seja ultrapassada por concorrentes que as apliquem. Mas fique tranquilo, explicaremos as melhores táticas a seguir.

Como reduzir os custos de uma rede de academias

Faça um planejamento financeiro eficiente

O planejamento financeiro consiste em arquitetar uma boa estratégia para diminuir custos, cumprir compromissos e fazer bons investimentos, entre outras atitudes que envolvam as finanças do negócio.

Para isso, discrimine em uma planilha todos os custos de sua rede de academia, incluindo colaboradores, contas (como de luz, água e telefone), contratos, manutenção etc.

Depois, procure meios de cortar gastos. A revisão do contrato com a empresa de telefonia, por exemplo, permite conseguir planos mais vantajosos.

Adote a manutenção preventiva

O custo para aquisição de equipamentos para uma academia é excessivamente elevado  por essa razão que realizar a manutenção preventiva é uma forma de economizar. Ela é feita antes de os aparelhos danificarem, o que diminui a depreciação e maximiza a vida útil.

Crie um cronograma para a manutenção de cada aparelho e fique atento quando algum começar a travar ou inclinar, entre outros problemas. Também é importante se preocupar com a limpeza e preservação da mecânica.

Crie um plano de carreira

Outro processo custoso para qualquer empresa é o seletivo, pois é preciso gastar com divulgação de vagas, entrevistas, treinamentos e, caso o profissional não consiga se manter no cargo, passivos trabalhistas.

A solução para esse problema é criar um plano de carreira que seja atrativo para reter os talentos. Os candidatos mais qualificados serão atraídos pelo plano e se esforçarão para se manterem no emprego.

Terceirize os serviços secundários

Serviços secundários  como limpeza e controle de acesso, entre outras atividades são fundamentais para o bom funcionamento da academia, principalmente uma faxina bem realizada, já que deixa o ambiente agradável para os clientes e preserva os equipamentos.

Entretanto, a empresa tem custos altos com contratações diretas, já que os encargos trabalhistas são grandes, além de ser possível ter que arcar com constantes processos seletivos e treinamentos.

A terceirização desses serviços é uma opção que resolve esses problemas, pois a rede de academias precisará apenas pagar o que foi contratado com a terceirizada.

Além disso, a contratante receberá trabalhadores qualificados, treinados e experientes para o trabalho, o que elimina dores de cabeça com tarefas mal executadas e trocas de profissionais.

São várias as formas de reduzir os custos em uma rede de academias. Basta seguir as nossas dicas para manter o equilíbrio das contas e aumentar a competitividade do seu negócio!

Se você quer garantir o crescimento da sua academia, aproveite para conferir quais são as melhores práticas de gestão e como facilities ajudam!

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.

topo